"It was one of those days when it's a minute away from snowing and there's this electricity in the air, you can almost hear it. And this bag was, like, dancing with me. Like a little kid begging me to play with it. For fifteen minutes."

26
Fev 09

 

ora então vamos lá: o rabisco de hoje foi roubado ao Ricardo, que por sua vez o roubou àquele senhor da rádio.

trata-se de um jogo - um desafio, se preferirem - e consiste no seguinte: eu dou-vos 9 frases sobre mim, mas apenas 6 verdadeiras. vocês discutem, puxam cabelos, trepam paredes, arrancam unhas, e finalmente elegem aquelas 3 que, na vossa opinião, forem as verdadeiras petas. e depois conversamos.

ou não.

1. de todos os sítios em que já estive, Madrid é a minha cidade preferida. era capaz de ir lá todos os fins de semana só para tomar café.

2. adoro andar descalça. se pudesse, andava sempre descalça: para caminhar, para conduzir, para trabalhar, para dançar. gosto do contacto do chão.

3. à noite, naqueles pequenos (minúsculos) instantes em que a consciência desata a escorregar pela almofada, aqueles momentos únicos e sagrados que antecedem o ronco, tenho o vício de esfregar o pé direito no pé esquerdo. assim mesmo, à laia de tenho-comichão.

4. com vergonha, mas confesso: chorei no Titanic. baba e ranho. e mais umas cenas verdes que não sei bem o que eram mas apareceram lá no meio.

5. num certo bar de karaoke, numa certa noite de loucura, saltei para o meio do palco, arranquei o microfone do suporte, sacudi o cabelo, e vá de deslumbrar a plateia com o "Take a chance on me". sim, esse mesmo, o dos Abba. e com coreografia e tudo.

6. já que estamos numa de revivalismo, saltemos para as séries televisivas: a minha meo box está programada para gravar religiosamente todo e qualquer episódio do "Murder, she wrote" - "Crime disse ela", na sua versão à beira-mar plantada. quando tenho tempo, lá vou eu ver um episódio. e durante a musiquinha do genérico, não consigo evitar o entusiamo e trauteio a dita cuja com evidente emoção na voz - tururururu-rururu-ruru [pausa] turururutututututututututututuruuuuuuu!

7. confesso que tenho uma certa vaidade em dizer que tirei 20 no meu exame nacional de matemática. curiosamente tirei apenas 17 em biologia, aquela que sempre foi a minha área de eleição. 

8. se me quiserem fazer um miminho, tratem-me por um diminutivo: adoro. o melhor deles todos é, sem dúvida, tita! faz-me sentir acarinhada, sei lá.

9. um vez, no meio de uma enorme fila de trânsito, saltei do carro para pedir explicações a um polícia que, muito inteligentemente, estava a desviar o trânsito para um beco... sem saída. o tipo virou-me as costas e recusou a minha bem-educada iniciativa. ao que eu, já com rolinhos de fumo a sair pelas orelhas, assentei as mãos nas ancas, carreguei no sotaque e lancei um furioso-mas-muito-português "ora então faça lá o favor de me mostrar a sua identificação!".

rabiscado por catarina às 20:04

3 reclamações:
Titinha, um dia temos de ir tomar um café a Madrid, tenho a certeza que irias gostar desde que não leves o teu portátil ;)

Falta-me uma..deixa-me cá ver...não sei, o karaoke talvez, o policia ok, o Titanic arrisco a dizer que nem viste o filme :)

PS. é sempre bom voltar a sorrir para o computador, assim meio parvo, ou parvo e meio talvez, que é o que faço quando te leio.
Ricardo a 26 de Fevereiro de 2009 às 23:50

Ora para mim... pregaste-nos petas na 1ª na 4ª e na 8ª!
Certo?
Sandrinha a 2 de Março de 2009 às 15:41

Com certeza o 1, e também provavelmente o 8! Quanto aos outros não sei mas espero bem que a peta seja o 4!!!
O Tal Ivan a 3 de Março de 2009 às 00:34

Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
25
27
28


subscrever feeds
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO